Home » Cartão de crédito » Cartões de credito que não cobram tarifas que podem desaparecer

Cartões de credito que não cobram tarifas que podem desaparecer

20 de junho de 2022

Cartões de credito que não cobram tarifas que podem “desaparecer”; entenda

O banco central propôs uma reforma regulatória que coloca grandes bancos e empresas de tecnologia financeira uns contra os outros.

Agora, há uma proposta de alteração da Taxa de Intercâmbio (TIC), que é o percentual que uma bandeira paga ao emissor (instituição financeira). Dessa forma, será igual às taxas cobradas por bancos e fintechs para troca de cartões.

Uma das principais fontes de receita dos bancos digitais é a receita de TIC. Com essa tarifa, as empresas afirmam que é possível oferecer outros serviços gratuitamente.

Com o TIC houve diferenças nos custos com retribuições por bancos e fintechs, já que o teto não se pratica aos produtos das instituições digitais. Isso porque, na maioria das vezes, as fintechs não lançam cartões de débito – eles são pré-pagos. Embora o objetivo desses dois métodos seja semelhante, eles têm disposições diferentes.

Regras do BC podem inviabilizar cartões de crédito sem anuidade

Os bancos centrais agora podem definir o mesmo limite para cartões de pagamento em débito e pré-pagos. Com isso, a arrecadação de fintechs pode diminuir.

Segundo levantamento da Zetta, organização que inclui diversas fintechs, os clientes dessas instituições pagariam 24 bilhões de reais em taxas se essas novas regras tivessem entrado em vigor no passado.

A pesquisa do grupo no ano passado colocou o limite de TIC em 0,6%. Esse percentual está próximo do limite B.C. estabelecido para cartões na função de debito em 2018 – que agora está sendo considerado para cartões pré-pagos.

Durante a primeira semana do mês de junho, representantes do Zetta se juntaram ao diretor do banco central, Roberto Campos. O objetivo era defender que o teto afetaria a operação dos bancos digitais. A organização propõe um cálculo dos reflexos tarifários.

Tags:

Relacionados

Deixe seu comentário

© 2022 - Renda Extra Online – seu portal de dicas